Total de visualizações de página

sábado, 1 de julho de 2017

PISTOIA - VERÃO DE 2015



Em busca dos festivais de verão, voltei a Pistóia em 2015, na ansiedade de assistir ao show de Sting, que seria atração do Pistoia Blues, o qual já fiz referência em post anterior. Hospedei-me num excelente hotel, no centro, chamado Hotel Patria (http://www.patriahotel.com/ ) que recomendo com louvor, especialmente pela hospitalidade. 

Mas a minha maior surpresa ao chegar por lá em 25 de julho de 2015 foi de me deparar com a festa do padroeiro da cidade, San Giacopo, com os habitantes em trajes típicos desfilando, crianças, colorido, banda de música e muitas coisas legais acontecendo. À noite aconteceu a procissão de encerramento pela cidade, toda sinalizada com luz de velas pelo chão. Acompanhei tudo, já me sentindo parte daquela magia. Um presente inesperado para quem só pensava em assistir a mais um maravilhoso concerto de verão.
O Show de Sting foi muito concorrido e dessa vez não gostei de ficar no chão, seria melhor nas arquibancadas, especialmente considerando meu tamanho e o dos europeus; o que não estragou a noite, ao contrário...tudo ali era pura bênção.
Mais uma vez encantada com essa cidade, suas cores, aromas, a fantástica gastronomia da simplicidade que só de fechar os olhos agora é um motivo para querer voltar, além da sua gente simpática e carinhosa com os brasileiros, por causa da história que nos une. Lá, foram enterrados os corpos dos pracinhas brasileiros que lutaram na segunda guerra, tempos depois transferidos para o Brasil. No local, resta um monumento que ainda não visitei, pois no dia programado, era justamente o dia dessa festa da cidade, onde todos os moradores estavam participando e não havia transporte até lá. Mais um motivo para voltar. Arrivederci, Pistoia.
As fotos dizem tudo.

























video

Nenhum comentário:

Postar um comentário